O que é pompoarismo e quais seus benefícios?

O que é pompoarismo
O que é pompoarismo e quais seus benefícios? Uma técnica milenar que é muito importante para a saúde da mulher é o pompoarismo. Há diversos métodos que podem ser aplicados para exercitar e fortalecer a musculatura íntima, favorecendo toda a parede interna do corpo, e que pode ser realizada de forma natural ou com a ajuda de acessórios

O que é pompoarismo e quais seus benefícios?

Uma técnica milenar que é muito importante para a saúde da mulher é o pompoarismo. Há diversos métodos que podem ser aplicados para exercitar e fortalecer a musculatura íntima, favorecendo toda a parede interna do corpo, e que pode ser realizada de forma natural ou com a ajuda de acessórios. 

Entre dúvidas, vergonha e medo, muitas mulheres evitam tratar desse assunto. Porém, ele é muito importante para a saúde da mulher, e pode auxiliar até mesmo na hora do parto, e mesmo depois do nascimento do bebê.

Colocar em prática o pompoarismo pode ajudar em diversas situações estéticas, sexuais, incômodos físicos e até mesmo disfunções relacionadas com a musculatura do assoalho pélvico ou vaginal. 

A seguir serão apresentados alguns exercícios que podem abrir a sua mente sobre o pompoarismo e todos os seus benefícios para saúde, estando muito distante dos malabarismos ou assuntos depravados aos quais são geralmente relacionados.

Tratamento e prevenção de incontinência urinária

As mulheres grávidas têm a diminuição natural do espaço interno que compõe o intestino reto e delgado, além da bexiga e os rins. Por isso é comum a ida constante ao banheiro de forma constante. 

Mesmo em situações de estresse, por exemplo, dentro de uma empresa de terceirização de Bombeiros Civil, durante o expediente de trabalho, pode ocorrer a incontinência urinária e, com isso, a mulher passar por um constrangimento público. 

Além da gravidez, isso pode ser causado por fatores neurológicos, e interferir no controle da bexiga, o que pode exigir que se faça uma cirurgia. Ou então por uma fraqueza na musculatura do assoalho pélvico.

Dessa forma, seja com a intervenção cirúrgica ou o nascimento do bebê, o pompoarismo pode ajudar no fortalecimento da musculatura e impedir a incontinência urinária. 

Restabelecimento do tônus muscular vaginal

A posição de trabalho pode facilitar a prática de pompoarismo, sem que ninguém ao redor perceba. 

Uma mulher que trabalha na manutenção de paisagismo e jardinagem residencial pode estar agachada e fazendo exercícios musculares pélvicos e fortalecendo o tônus vaginal ao mesmo tempo, otimizando o resultado.

A mulher que passa pela experiência da maternidade e do parto normal pode fazer o pompoarismo durante a gravidez e após o nascimento das crianças. Isso melhora a frouxidão apresentada pelo músculo vaginal de forma natural, já que estará mais resistente e flexível.

As mulheres que passam pelo parto de cesárea sofrem o corte em partes musculares abdominais, que estão intimamente ligadas aos músculos vaginais. 

Ainda assim é possível restabelecer a musculatura com um exercício simples de pompoarismo, mas é preciso, antes, realizar o repouso adequado.

A prática se trata da contração dos músculos ligados ao assoalho pélvico, que tem como referência a segurar a urina, mantendo essa posição o maior tempo possível. 

Com o uso de um cronômetro, é preciso marcar o tempo e sempre tentar sustentar a contração o máximo de tempo possível, até perceber uma melhora na musculatura.

Facilidade no momento do parto normal

O parto normal se trata de uma contração muscular que se inicia no útero, passa pela musculatura do assoalho pélvico e termina quando o bebê é expelido pela vagina. 

Portanto, é importante realizar movimentos de pompoarismo que tratam da expulsão, e pode ser praticado com a ajuda de acessórios, como o ben-wá

Trata-se de duas ou mais bolas ligadas por um fio de segurança que pode ser introduzido na vagina e expelido conforme a força praticada no pompoarismo. 

Na hora do parto, pode usar um ponto fixo como referência de concentração, como o apoio do parceiro, para que a força de expulsão seja apropriada para o nascimento do bebê de forma natural.

Vale destacar que o uso de acessórios de pompoarismo durante a gravidez deve ser apenas a partir do quarto mês e avaliado junto ao profissional, em casos específicos. 

Mas independentemente disso, os três primeiros meses devem ser dedicados aos exames de rotina de pré-natal e formação ideal do feto.

Regulação do ciclo e diminuição do fluxo menstrual

As mulheres que estão tentando engravidar podem colocar o pompoarismo em prática durante a relação sexual com o parceiro, ou mesmo de forma regular para ter mais controle e conforto durante a prática acompanhada.

Com o estímulo muscular vaginal é possível que o fluxo dos hormônios, em total frequência e sintonia com os estímulos neurais, pode ajudar no ciclo menstrual e abrir caminho dos óvulos para o esperma. 

A alternância de temperatura corporal também ocorre e pode ser acompanhada e controlada por um termômetro, por aqueles que desejam engravidar.

Com a regulação do ciclo menstrual isso pode ser melhor adaptado nos dias que as mulheres passam por esse momento. 

Outros sintomas da TPM (Tensão Pré Menstrual) e as cólicas também podem ser diminuídas por conta da liberação de estrogênio, o hormônio feminino que é produzido também quando se pratica os exercícios de pompoarismo, além de trabalhar as musculaturas e sensação de bem-estar.

Por ser uma questão íntima feminina, é preciso respeitar todos os sintomas e entender que é uma fase natural que toda mulher passa ao longo da vida e tem meses que podem ser mais delicados, sendo preciso respeitar o corpo.

Aliás, o pompoarismo ajuda a diminuir as cólicas menstruais, pois ele atua até mesmo no útero, que fica mais eficiente e maleável durante as contrações que ocorrem durante o período menstrual. Com isso, diminui-se as cólicas típicas que surgem nesse período.

Dessa forma, se uma mulher estiver fazendo um curso de guardião de piscina Rio de Janeiro é preciso entender que há aulas práticas que devem ser evitadas, por diversos motivos. 

Mulheres grávidas também podem fazer esse tipo de curso, desde que tomadas as devidas precauções em relação ao bebê, promovendo um espaço seguro.

Lubrificação vaginal normalizada ajuda no sexo

Ao longo dos anos, a musculatura vaginal passa por uma flacidez natural, que pode ser contornada com a prática do pompoarismo.

As glândulas responsáveis pela lubrificação vaginal, tecnicamente conhecidas como “glândulas de bartholin”, podem ser estimuladas e se tornarem mais ativas. 

Assim a lubrificação fica normalizada, ajudando na prática do sexo, pois a massagem proposta pelo pompoarismo e o uso de acessórios totalmente aprovados por especialistas serve como motivo de segurança para colocar os exercícios em dia.

Mais sensibilidade em toda região pélvica

Devido a um longo tabu imposto pela sociedade e costumes culturais, muitas mulheres temem quando se trata de intimidade feminina e o fortalecimento muscular. 

Isso está caindo por terra aos poucos, pois muitas estão se libertando das amarras propostas pela sociedade e religiões, descobrindo um novo mundo e os benefícios proporcionados pelo cuidado com o corpo e pela realização de exercícios, inclusive das regiões intima.

Assim, é válido que as mulheres encontrem no pompoarismo uma forma de tratar de preconceitos sexuais que antes eram vistos como algo incômodo ou proibido, bem como para se conhecer mais e entender que isso garante mais qualidade de vida.

Seja para ajudar na hora do parto ou na libertação sexual, o pompoarismo contribui no despertar individual, provocando mais prazer íntimo e provocando uma maior sensibilidade na região genital, visto o conhecimento e controle.

Isso reflete em uma nova visão sobre a própria saúde feminina, que deve estar condicionada a diversos prazeres individuais, e não de acordo com a sociedade em que vive. 

Pompoarismo atua na autoestima feminina

Após o nascimento do bebê, ou mesmo para aqueles mulheres que procuram mais liberdade sexual, devem entender que o pompoarismo pode ser colocado em prática no dia a dia.

Apesar de ser uma questão de fórum íntimo, não é impossível realizar os exercícios de Kegel ao longo dos anos. 

Como a musculatura pélvica pode acabar sofrendo alterações naturais por causa da gravidez, e mesmo a flacidez do passar do tempo, dá para evitar o enfraquecimento dos músculos.

Para quem busca acessórios que ajudam nos exercícios que atuam no fortalecimento da musculatura vaginal, é importante procurar ajuda de profissionais, como especialistas da área de medicina ginecológica.

Os fabricantes de equipamentos para laboratório utilizam materiais que podem ser esterilizados com higienização e uso de produtos à disposição no mercado. Da mesma forma devem ser os acessórios que ajudam a prática do pompoarismo.

A higiene da região íntima é muito importante e, portanto, qualquer alergia ou sinal de problemas, é necessário procurar ajuda médica o quanto antes e parar o uso dos pesos, pois a flora também é sensível. 

Conclusão:

A prática do pompoarismo ajuda as mulheres na hora do parto, facilitando a abertura vaginal para a passagem do bebê durante o processo natural. Além disso, fortalece os músculos da região e evita flacidez precoce.

Além disso, a prática do pompoarismo ajuda no rejuvenescimento, como um todo. Isso ocorre por causa da liberação do estrogênio, um hormônio próprio da estrutura feminina, durante as contrações que são realizadas na região pélvica e na vagina. 

Assim, esse hormônio atua nas raízes capilares, deixando os cabelos saudáveis, a pele mais sedosa, e os olhos mais vivos e brilhantes. 

Esses e outros motivos são fundamentais para começar, tomando os devidos cuidados, o pompoarismo e se preparar para os benefícios que ele proporciona para a vida da mulher. Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Business Connection, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *