Bicicleta ergométrica Caloi 10 benefícios para a sua saúde

Bicicleta Ergométrica

A bicicleta ergométrica Caloi 10 é um dos exercícios mais populares para perder peso e aumentar a resistência muscular das pernas.

Os exercícios com este tipo de equipamento podem ser feitos em sala de aula rotativa, academia ou em casa, pois você pode comprar vários tipos de bicicletas ergométricas de acordo com as necessidades e situação financeira de cada bicicleta ergométrica.

Embora possa parecer um exercício repetitivo e entediante para algumas pessoas, a verdade é que esse exercício tem muitos benefícios para a saúde, especialmente perda de peso, exercícios para as pernas e melhora da saúde cardíaca.

O objetivo do ciclismo indoor é andar de bicicleta sem se exercitar de uma forma emocionante e divertida. (Ciclismo indoor? É assim que se chama uma aula em grupo de bicicleta ergométrica na academia, com novos adeptos a cada dia.)

Essa é uma das atividades preferidas das mulheres na academia. Especialmente utilizado para produzir alto consumo de calorias e fortalecer as pernas e coxas.

O curso permite que os alunos simulem o percurso como se estivessem na rua, em declive, em aclive e em plano. Tudo isso acompanhado de muita música e um tutor que incentiva os alunos. O objetivo deste exercício é enrijecer os membros inferiores, queimar gordura, aumentar a resistência corporal e principalmente ajudar a perder peso.

Além disso, a bicicleta ergométrica pode proporcionar mais benefícios a sua saúde e ao seu corpo, confira alguns desses benefícios a seguir:

1.  Auxilia na perda de peso

Bicicleta ergométrica benefícios para a sua saúde

É um excelente exercício cardiovascular que permite queimar até 260 calorias em 30 minutos, sendo um importante aliado para quem quer perder peso ou eliminar a gordura local.

Quem está tentando aumentar a massa muscular magra também pode usar a bicicleta ergométrica, pois desde que seja feita sem exageros, pode queimar gordura, restando apenas a massa magra acumulada durante o treinamento com pesos.

2.  Ajuda a proteger as articulações

Fazer exercícios em uma bicicleta ergométrica ou participar de um exercício de spinning na academia é uma boa opção para se recuperar de uma lesão óssea.

Isso porque se esse exercício for realizado corretamente, principalmente quando comparado a outras atividades como correr, pular corda ou jogar futebol, pode reduzir bastante o impacto no quadril, joelhos e tornozelos.

3.  Ajuda a prevenir doenças cardiovasculares

Bicicleta Ergométrica

O exercício em uma bicicleta ergométrica é um tipo importante de exercício cardiovascular porque pode reduzir a pressão arterial, melhorar a função cardíaca e controlar os níveis de açúcar no sangue.

Além disso, reduz o colesterol ruim, ao mesmo tempo que aumenta o colesterol bom, reduzindo o risco de formação de coágulos sanguíneos. Portanto, é possível evitar vários problemas de saúde, como hipertensão, ataque cardíaco, acidente vascular cerebral ou trombose.

4.  Resistência e pernas super tonificadas

TP1910 O'Neal

A resistência muscular se refere à capacidade dos músculos de continuar a funcionar após o uso prolongado.

Portanto, quando você pisa na resistência da bicicleta ergométrica, os músculos se adaptam e ficam mais fortes e tonificados, principalmente nas pernas e nas nádegas. Ao aumentar a força e a resistência musculares, também pode melhorar a saúde dos ossos e ligamentos circundantes, aumentando assim a intensidade das atividades diárias e evitando lesões.

5.  Ajuda a amenizar o estresse

Se diariamente você fazer uma bicicleta ergométrica de 30 minutos ou de uma aula em marcha lenta fará com que o corpo libere mais adrenalina e endorfinas, o que não apenas aumenta muito o nível de estresse, mas também fortalece o sistema imunológico e traz prazer uma sensação enorme de prazer.

6.  Menos impacto nas articulações

Outro benefício das bicicletas é que comparada a exercícios como corrida, futebol e voleibol, o aparelho tem menos impacto nas articulações.

Isso porque nesses métodos os membros inferiores são impactados pelo solo. Esses impactos podem causar microtraumas e, com o tempo, podem causar problemas maiores.

Esta é uma quebra de tensão ou torção, e esse tipo de lesão raramente ocorre em uma bicicleta.

7.  Mais segurança

Qualquer pessoa que goste de bicicletas de estrada ou de montanha sabe: você quase certamente cairá durante o treinamento.

Portanto, as bicicletas ergométricas são eficazes para gestantes e idosos que precisam estar atentos à saúde. Para eles, uma queda pode significar consequências graves, como a interrupção da gravidez em caso de gestantes utilizando as mesmas.

A seguir iremos te dar algumas dicas importantes de como regular a bicicleta ergométrica da maneira correta.

Como regular a bicicleta ergométrica corretamente, aprenda a seguir:

Saber usar e ajustar a bicicleta estática é um dos passos mais importantes para garantir bons resultados e evitar lesões. Para isso, é importante atentar para alguns detalhes, como:

  1. Altura do selim: atrás da almofada do assento, quando o pedal está na posição de movimento mais baixa, as pernas devem ser mantidas ligeiramente dobradas;
  2. Posição do assento: o joelho deve estar paralelo ao pedal;
  3. Guiador: você deve conseguir alcançar o guiador com os braços ligeiramente dobrados e manter as costas retas e os ombros relaxados.

Em um curso de spinning, o professor geralmente ajuda a todos a ajustar suas bicicletas, especialmente quando este é o primeiro treino.

Você conhece a história da bicicleta ergométrica Caloi 10?

O esporte foi fundado em 1980 pelo ciclista americano Johnny Goldberg. Seu objetivo é cruzar os Estados Unidos em apenas oito dias, então ele precisa de um treinamento intensivo todos os dias.

Devido às condições climáticas desfavoráveis, ele projetou uma bicicleta ergométrica para simular a dificuldade do treinamento. Isso deu origem à prática atual de ser responsável por instituições acadêmicas do país.

Ao pisar nos pedais e desfrutar de todos os benefícios da bicicleta, preste atenção ao ajuste do equipamento: o assento deve estar nivelado com os quadris (de modo que as pernas não possam ser totalmente estendidas durante o exercício).

Outra dica importante é do cotovelo ao ponta do dedo médio, entre o assento e o guidão a distância entre os dois deve ser a mesma e o guidão deve ser mais alto que o assento.

Finalmente, não se esqueça da postura, pois isso vai reduzir suas dores nas costas. Esta área é a mais vulnerável ao andar de bicicleta. Mantenha a postura esticada, braços levemente flexionados e ombros abaixados.

Ao pisar nos pedais, lembre-se de não mover os quadris as pernas farão a maior parte do trabalho. O exercício pode ser fortalecido aumentando a velocidade e a carga do equipamento, caso você queira mais velocidade.

Faça o seu plano de saúde unimed Fortaleza

Saiba como marcar consulta hapvida